Os trabalhos de construção de um arranha-céus na China, que será o edifício mais alto do mundo, foram suspensos, poucos dias depois do lançamento da primeira pedra, noticia a imprensa local esta quinta-feira.

«Autoridades relevantes» ordenaram a suspensão das obras do Sky City, em Changsha, na província de Hunan, porque «não foram observados os necessários procedimentos com vista à aprovação para iniciar a construção», informa o Xiaoxiang Morning Post, citado pela AFP.

Com 838 metros de altura, o Sky City - que vai superar em apenas dez metros o Burj Khalifa, no Dubai, que detém atualmente o título do edifício mais alto do mundo - deverá estar concluído em somente nove meses, estando a inauguração prevista para maio ou junho de 2014.