O grupo extremista Estado Islâmico divulgou, esta terça-feira, um novo vídeo em que um alegado menor de idade assassina um homem acusado de espiar para a Mossad, os serviços secretos israelitas, na Síria.



No vídeo, com cerca de 13 minutos e divulgado na Internet, pode ver-se um menor de idade vestido com uniforme militar, que alegadamente dispara contra a vítima, e que está junto a um membro adulto do grupo.

A criança dispara contra o prisioneiro depois de uma declaração em francês a ameaçar Israel proferida pelo adulto.

Este é o segundo vídeo divulgado pelo grupo extremista em que aparece um menor a assassinar prisioneiros.

O primeiro foi divulgado em janeiro e podia ver-se uma criança a assassinar alegados espiões russos na Síria, que se infiltraram no grupo extremista.

O grupo extremista Estado Islâmico proclamou em finais de julho um califado no Iraque e Síria, onde conquistou zonas no norte e centro de ambos os países.