A fotografia de um bebé sírio que perdeu um olho depois de um ataque aéreo inundou as redes sociais e deu origem uma campanha de solidariedade.

Karim, com apenas 40 dias de vida, perdeu a mãe e um dos olhos, depois de um atentado nos arredores de Damasco. 

O primeiro divulgador da campanha foi Amer Almohibany - fotógrafo freelancer da agência de notícias francesa AFP - que, partilhou, na semana passada, a foto do bebé, juntamente com outra de si mesmo, a tapar um dos olhos com a mão, usando a hashtag #SolidarityWithKarim (Solidariedade com Karim). 

O objetivo desta campanha é dar voz a este bebé, que perdeu a visão e a mãe.", revelou Amer, à AFP. 

Partilhada em diferentes plataformas de redes sociais, e por diferentes personalidades, a campanha chegou ao Conselho de Segurança da ONU na terça-feira, onde Matthew Rycroft, embaixador do Reino Unido, mencionou o caso de Karim durante uma sessão . O embaixador fez, ainda, uma publicação na sua conta de Twitter. 

Mas a história de Karim também chamou a atenção de instituições, ativistas, e de inúmeros internautas, de diferentes nacionalidades.