O surto de Síndrome Respiratória do Médio Oriente na Coreia do Sul, que já causou 16 mortes, fez disparar as compras online devido ao receio das pessoas frequentarem locais muito concorridos, como supermercados, destaca a agência Yonhap.

A maior cadeia de supermercados sul-coreana, E-Mart, registou um aumento nas suas vendas através da Internet de 63,1% nos primeiros 11 dias de junho, em termos anuais, e um aumento de mais de 80% nos alimentos frescos e pré-cozinhados, segundo dados facilitados pela empresa.

No caso da segunda e terceira empresas do setor, Home Plus e Lotte Mart, as vendas de produtos online aumentaram 48,1% e 26,8%, respetivamente, no mesmo período.