Um bombista suicida deflagrou hoje um engenho explosivo numa mesquita no norte do Afeganistão matando o governador distrital e vários outros feridos, revelaram fontes oficiais.

«O bombista tinha como alvo Sheikh Sadruddin, governador do distrito de Archi, que estava na mesquita para as orações da manhã», disse o porta-voz da província de Kundus, Sayed Sarwar Husseini, em declarações à agência AFP.

O mesmo responsável confirmou a morte do governador Sheikh Sadruddin e referiu existirem informações de outras mortes que, contudo, não estão ainda confirmadas.