A polícia de Birmingham, no Reino Unido, prendeu três professores em duas escolas da cidade por suspeita de posse de «pornografia extrema», ou seja, imagens com conteúdo sexual explícito. Dois docentes, um com 36 e outro com 37 anos, foram detidos esta quinta-feira de manhã nas próprias casas, em Birmingham, enquanto um terceiro, de 32 anos, foi detido em casa em Wolverhampton, logo após as 6:00.

De acordo com o «Birmingham Mail», os três homens estão agora a ser interrogados por detetives da Unidade de Proteção Pública em esquadras de polícia na área de West Midlands.

Os três suspeitos fazem parte do quadro de pessoal docente em escolas de Birmingham. Um deles dá aulas na Park View School e dois outros trabalham na Golden Hillock School.

A polícia de West Midlands refere que a investigação policial teve início em abril de 2013 na sequência de uma operação de combate à divulgação de imagens de «pornografia extrema».

As autoridades sublinham que as detenções efetuadas esta quinta-feira não estão relacionadas com uma investigação independente, da Câmara Municipal de Birmingham, às alegações da chamada «Trojan Horse operation» («Operação Cavalo de Tróia», em Português).

De acordo com o «The Telegraph», a Park View School, de que quase 100% dos alunos são muçulmanos, é apontada como uma, de uma série de escolas públicas em Birmingham, na mira de uma operação de radicais islâmicos, que visa denegrir e derrubar os diretores dessas escolas, de modo a garantirem a implementação dos princípios islâmicos.