Uma mulher espanhola que nunca tinha pilotado um avião, viu-se forçada a tomar o lugar do piloto, seu marido, e a fazer uma aterragem de emergência. Isto depois de o homem ter perdido os sentidos.

A pequena aeronave onde seguiam os dois ia a 3.000 metros de altitude, quando a mulher falou com os controladores de tráfego aéreo, em Sevilha, que lhe foram dando indicações de como controlar o aparelho e aterrar, o que acabou por acontecer, a duas milhas do aeroporto local, mais precisamente num laranjal, indica a BBC. 

O homem acabou por morrer, mas não há informações sobre se faleceu durante o voo, na sequência da aterragem ou depois.

A mulher, que tentou salvar ambos, está hospitalizada, a recuperar dos ferimentos graves com que ficou.

Os controladores aéreos espanhóis informaram que a mulher acabou por ter sorte nas indicações que lhe foram prestadas, dado que o controlador de serviço sabia pilotar o avião. 

Foi, de resto, enviado um helicóptero para ajudar na aterragem. O aeroporto de Sevilha teve de ser encerrado, durante duas horas, por causa do incidente.