O número de mortes por gripe no México ascendeu a 135 nos primeiros 23 dias do ano, o que representa um aumento de 322% face ao balanço de 32 mortos divulgado no dia 16, informaram as autoridades locais na sexta-feira.

Em comunicado, o ministério da Saúde mexicano indicou que 123 das 135 mortes foram causadas pelo vírus AH1N1, dez por gripe A, uma por gripe B e outra por H3N1.

Entre 1 e 23 de janeiro, foram registados no México 1.517 casos de gripe.