Um britânico de 24 anos foi detido em Daca, capital do Bangladesh, por suspeitas de estar encarregue de recrutar pessoas para grupos afiliados à Al-Qaeda no Médio Oriente, como o Estado Islâmico e Jabhat al-Nusra.

Segundo o «The Guardian», que cita fonte policial, o homem confessou que estava no país para recrutar pessoas para os dois grupos, e que escolheu o Bangladesh por considerar que conseguiria enviar novos elementos dali para a Síria.

Samiun Rahman, que também usava o nome Ibn Hamdan Miah, filho de emigrantes do Bangladesh, nasceu em Londres, mas há seis meses que estava no país para recrutar novos elementos para os grupos radicais. 

Em finais de 2013, Rahman e um amigo, já tinham viajado desde Inglaterra para lutar pelo Nusra na Síria.