Mais de 19 mil pessoas tiveram de ser retiradas das suas casas na ilha de Samatra, no oeste da Indonésia, por causa do vulcão Sinabung, há vários meses em erupção, indicaram hoje fontes oficiais.

O Monte Sinabung, no norte da ilha de Samatra, lançou esta noite pedras e colunas de cinza de até 7 mil metros de altitude, detalhou o porta-voz do Conselho Nacional para a Gestão de Desastres, Sutopo Purwo Nugroho.

No seu mais recente boletim, o organismo informa que 19 126 pessoas, ou 5 979 famílias, foram realojadas em 31 centros de abrigo criados pelo governo local.