A crise no leste da Ucrânia «é resultado das tentativas dos Estados Unidos e seus aliados ocidentais, que acreditam serem 'vencedores' da Guerra Fria, de imporem a sua vontade em todos os lugares»






não conseguiram convencê-lo a alcançar um acordo de cessar-fogo



perigo que representa a «enorme» capacidade militar na Rússia