Atualizada às 13h19

A trégua na Ucrânia foi abalada na noite de sábado na sequência de fortes explosões registadas nos arredores de Mariupol, cidade portuária do leste do país, um dia após o acordo assinado entre as autoridades ucranianas e os separatistas pró-russos.

Numerosas explosões foram sentidas ao início da noite e uma espessa nuvem de fumo era visível no horizonte. De acordo com fontes concordantes, as forças ucranianas foram atingidas por disparos de artilharia e segundo a agência noticiosa AFP foi destruído um posto de controlo governamental.

Uma mulher foi abatida em Mariupol, tendo sido a primeira vítima desde o cessar-fogo decretado na sexta-feira, disse o presidente do município deste porto estratégico, localizado no sudeste da Ucrânia.

«Uma mulher foi morta e três pessoas ficaram feridas em Mariupol», disse o responsável em comunicado, denunciando que os rebeldes pró-russos dispararam contra um posto de controlo na periferia da cidade e destruíram uma estação de gasolina.

O presidente da autarquia reforçou que os rebeldes «violaram o cessar-fogo na madrugada de sábado para domingo e dispararam contra o posto de controlo no distrito de Vostochny, tendo entrado na cidade».