O presidente ucraniano, Petro Porochenko, manifestou-se esta quinta-feira «pronto» para concluir um acordo de paz com o homólogo russo, Vladimir Putin, para que acabe a insurreição separatista na parte leste do país.

«Estou pronto para fazer a paz com toda a gente», afirmou Porochenko a algumas horas do final do cessar-fogo e na resposta à possibilidade de um acordo de paz com o Kremlin.

Porém, e de acordo com a AFP, os confrontos entre as duas fações, com mortos de ambos os lados, não pararam em momento algum, nem sequer depois da trégua alcançada na segunda-feira entre representantes de Kiev e os insurgentes.