Oito bombeiros morreram esta madrugada enquanto combatiam um incêndio num armazém de plásticos no leste de Moscovo, segundo dados preliminares disponibilizados pelo Comité de Instrução da Rússia.

O incêndio levou várias horas a ser extinto.

Uma vez controladas as chamas, os bombeiros encontraram os corpos de oito colegas, disse à agência Interfax a porta-voz do Comité em Moscovo, Yulia Ivanova.

As vítimas terão ficado debaixo dos escombros, depois de o teto ter abatido.

“A investigação examina várias possíveis causas do incêndio”, adiantou Ivanova, que indicou que foi aberto um processo penal pela alegada violação das normas de segurança.

No combate às chamas estiveram mais de 200 operacionais.