O Estado Islâmico revelou um vídeo em que alega ter decapitado um espião russo. No vídeo pode ver-se um homem não identificado ajoelhado em frente a um homem com uma faca, sem máscara, que depois de proferir algumas palavras em russo degola o prisioneiro.

Segundo a CNN, o homem dirige-se aos russos, dizendo que "não vão encontrar paz nas vossas casas, vamos matar os vossos filhos e destruir as vossas casas por cada filho que matarem e casa que destruirem"

Este será o primeiro vídeo de uma decapitação de um cidadão russo e surge na sequência dos bombardeamentos russos na Síria.

Recorde-se que o presidente russo tinha prometido retaliar depois do Estado Islâmico ter reivindicado o atentado num voo comercial que se despenhou no Egipto a 31 de outubro, com 224 pessoas a bordo. O destino do avião russo era  São Petersburgo. Praticamente todos os passageiros eram turistas. 

A Rússia continuou a lançar ataques aéreos na Síria junto à fronteira com a Turquia, mesmo depois de um avião do Governo de Moscovo ter sido abatido pelas autoridades turcas, por alegadamente ter violado espaço aéreo deste país.