O exército ucraniano capturou dois soldados russos no leste da Ucrânia, esta quarta-feira, suspeitos de utilizar sistemas antiaéreos portáteis, numa altura em que Kiev estima que cerca de 70% das tropas russas já terão abandonado o território.

O batalhão de voluntários «Lougansk-1», que combate ao lado do exército ucraniano, «prendeu dois militares russos, suspeitos de utilizar sistemas portáteis antiaéreos contra a aviação militar ucraniana», garantiu o porta-voz militar ucraniano, Andrii Lyssenko.

O anúncio surge no quinto dia de «respeito», segundo o presidente ucraniano, Petro Poroshenko, «pelo cessar-fogo» que pôs fim a cinco meses de conflito na Ucrânia.