O Serviço Federal de Segurança da Rússia anunciou, este sábado, a detenção de dois suspeitos da morte do líder da oposição, Boris Nemtsov.
 
A informação é avançada pela estação de televisão estatal russa (TV Rossiya-24) que cita o diretor dos Serviços de Segurança.
 
De acordo com a mesma fonte, o presidente Vladimir Putin já foi informado das detenções.
 
Boris Nemstov foi morto a tiro há uma semana, quando regressava a casa com a namorada, a poucos metros do Kremlin.
 
O líder da oposição era visto como o principal crítico do regime de Vladimir Putin.