As autoridades vietnamitas encontraram milhares de tartarugas marinhas mortas durante uma rusga a um armazém na cidade de Nha Trang, no sul do país, informa hoje a organização ambientalista «Freeland Foundation».
 
Segundo a Lusa, a polícia indicou que as tartarugas, que pertenciam a uma espécie ameaçada, eram processadas para posterior venda no mercado chinês e, segundo o grupo ecologista, foram capturadas ao longo de anos em águas do Mar do Sul da China.
 
As autoridades do Vietname elogiaram a colaboração entre várias organizações governamentais e independentes para levar a cabo a operação contra o tráfico ilegal de animais, realizada dia 19.