O governador do Texas e potencial aspirante a candidato presidencial norte-americano em 2016 pelo Partido Republicano, Rick Perry, foi formalmente acusado de abuso de poder, na sexta-feira.

Perry foi indiciado por um júri de Austin pelos crimes de abuso de poder e coerção de um funcionário público, por ter ameaçado vetar um financiamento estatal de 7,5 milhões de dólares para uma unidade anticorrupção dirigida por uma democrata.

O caso remonta a 2013, quanto a então promotora do distrito do Condado de Travis, Rosemary Lehmberg, foi detida por condução sob o efeito do álcool e condenada a 45 dias de prisão.