Notícia atualizada às 13:26

Os corpos de três crianças foram encontrados, esta terça-feira, numa casa do Sul de Londres. Tratam-se de uma menina de quatro anos e de dois rapazes de três. As crianças sofriam de «problemas genéticos». A Scotland Yard deteve entretanto uma mulher de 43 anos, que é identificada pela comunicação social britânica como sendo a mãe dos meninos.

Inicialmente, a mulher foi conduzida ao hospital com ferimentos ligeiros, mas foi mais tarde detida, por suspeita de homicídio dos três menores.

De acordo com o «Daily Mail», as crianças são três dos quatro filhos de um casal sul-africano que vive em Londres. O pai das crianças é Gary Clarence, um alto executivo de um banco de investimento londrino. Três das crianças são descritas pelos vizinhos como tendo «problemas de ordem genética que são limitativos».

A família vivia num dos bairro mais conceituados de Londres, numa casa avaliada em mais de 2 milhões de euros.

Gary estava na África do Sul. Já foi informado do que aconteceu e viajou entretanto para o Reino Unido. O casal tem mais uma filha, com oito anos, que é saudável e estava com o pai em viagem. Não está claro ainda se a mulher detida é ou não a mãe das crianças.