A viagem da montanha-russa Colossus do Thorpe Park foi interrompida, no último domingo, quando os funcionários do parque de diversões avistaram, através das câmaras de vigilância, um dos visitantes a colocar as pernas de fora da carruagem.

Foi por volta das 11:00 que a montanha-russa do parque de diversões de Surrey, no Reino Unido, foi parada e evacuada. Os funcionários do parque encerraram a atração por motivos de segurança, enquanto aproximadamente 20 visitantes eram escoltados em escadas íngremes e outros permaneciam sentados nas carruagens.

De acordo com o jornal britânico Daily Mail, o processo de retirada dos passageiros da montanha-russa cujo ponto mais alto dista cerca de 30 metros da superfície, demorou mais de uma hora e meia e decorreu à chuva.

Henry Moody, de 14 anos, que visitava o parque de atrações com a família, testemunhou o sucedido e indicou ao Daily Mail que os passageiros se encontravam perto do topo da montanha-russa quando esta foi parada.

A Colossus estava a demorar a abrir e, antes de abrir, os funcionários estavam a verificar alguma coisa no topo da montanha-russa”, contou Moody à imprensa britânica. “O ‘staff’ estava a ajudar as pessoas. Eles pareciam bastante calmos”, completou.

Apesar do susto, um representante do parque temático indicou ao jornal The Mirror que a paragem da montanha-russa não ocorreu por mau funcionamento.

Parámos a montanha-russa porque um visitante ignorou as nossas restrições e pôs as pernas fora da carruagem da Colossus, o que foi captado pelas nossas câmaras de vigilância. Como tal, parámos a viagem o mais rápido possível e evacuámos todos os visitantes”, explicou o representante ao The Mirror.

Abaixo pode ver as imagens do momento captadas pelo jornalista Daniel Pashley e divulgadas no seu Twitter: