A Bélgica anunciou hoje a reintrodução temporária dos controlos na fronteira com França para impedir a entrada de migrantes que abandonem a “Selva” de Calais, no norte de França.

“Informámos a Comissão Europeia de que vamos suspender temporariamente Schengen”, disse o ministro do Interior belga, Jan Jambon, numa conferência de imprensa em Bruxelas.

“Vamos realizar controlos em diferentes localizações estratégicas, pontos utilizados pelos traficantes já detetados pela polícia”, acrescentou.

Recorde-se que as autoridades francesas anunciaram domingo que vão evacuar a zona sul do acampamento de migrantes na cidade de Calais. As condições indignas do acampamento, conhecido como “A selva”, levaram a esta tomada de decisão, justificou Xavier Bertrand, o autarca da região.

As autoridades informaram que os migrantes têm até terça-feira, dia 23 de fevereiro, para abandonar o campo e que, depois disso, vão recorrer à retirada forçada das pessoas e bens.