Os protestos de domingo contra o Governo de Dilma Rousseff reuniram cerca de 700 mil pessoas em diversas cidades de 24 estados brasileiros e no Distrito Federal, segundo números divulgados pela Polícia Militar.

Citados pelo portal de notícias «G1», os organizadores dos protestos estimaram a participação de 1,5 milhões de pessoas. Considerando qualquer uma das contagens, entretanto, os protestos de domingo reuniram menos manifestantes do que os do dia 15 de março, quando ultrapassaram os dois milhões de participantes, segundo a polícia.

Os manifestantes saíram à rua vestidos de amarelo para pedir o «impeachment» (impugnação de mandato) de Rousseff e o fim da corrupção no país.

Pelo menos 215 cidades foram palco de manifestações, segundo a imprensa brasileira, entre elas São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte e Salvador da Baía e o apelo à participação popular nas redes sociais englobava mais de 400 municípios.

A maior das concentrações aconteceu em São Paulo, com 275 mil participantes, segundo a Polícia Militar e 800 mil, de acordo com organizadores. Já a contagem do Instituto Datafolha estimou o número de presentes em 100 mil.

Além das cidades brasileiras, outros protestos aconteceram fora de portas como os da Alemanha, Estados Unidos e Portugal, onde cerca de 30 brasileiros se manifestaram em Lisboa