Centenas de pessoas protestavam na noite de quinta-feira na praça nova-iorquina de Times Square face a um possível ataque norte-americano à Síria devido à utilização de armas químicas.

Além de apoiantes do regime de Damasco, acudiram à praça também apoiantes da intervenção militar e outros norte-americanos que sustentam que os Estados Unidos não podem tolerar uma nova guerra.

«Os Estados Unidos e a NATO com as mãos fora da Síria» gritavam muitos manifestantes que partilhavam o espaço também com muitos turistas e com alguns dos participantes no protesto as ostentarem fotografias de Bashar al-Assad.