O programa de televisão paquistanês «Amaan Ramazan», apresentado por Aamir Liaquat Hussain, está a gerar polémica. O «talk-show», transmitido em horário nobre, oferece bebés abandonados a casais que não conseguem ter filhos.

Em julho, o apresentador, de 41 anos, ofereceu duas meninas a famílias sem filhos. A primeira criança foi entregue a 14 de julho e a segunda chegou aos braços dos novos pais a 21.

«Se não tivéssemos encontrado este bebé, ele já estaria morto na rua», afirmou Hussain com uma menina vestida de vermelho e rosa no colo, antes de a entregar aos pais.

Os bebés abandonados foram salvos pela organização não-governamental Chhipa Welfare, que fazem buscas em lixeiras e lugares remotos.

«Se alguma família não tiver posses para educar e cuidar do seu recém-nascido, em vez de o abandonar à sua sorte, condenando-o provavelmente à morte, devem fazê-lo chegar ao nosso programa», apelou Hussain durante um direto.

Normalmente, o programa paquistanês oferece, durante o Ramadão, motas, telemóveis e até terrenos. Esta semana, o programa vai oferecer um menino.