O ministro do Interior do Governo de transição da Guiné-Bissau, António Suca Ntchama, apresentou esta segunda-feira no Supremo Tribunal de Justiça (STJ) uma queixa-crime contra o Procurador-Geral da República, Abdu Mané, disse à Lusa o advogado do governante.

Basilio Sanca confirmou à Lusa a entrega da queixa-crime contra Abdu Mané, sob alegação de difamação contra Suca Ntchama e ainda violação do segredo de justiça.

A argumentação do ministro tem como base as afirmações do Procurador guineense quando este afirmou que Suca Ntchama se teria recusado a ser detido depois de ser ouvido no Ministério Público no caso do embarque forçado de 74 sírios com passaportes falsos num avião da TAP para Portugal.