Uma mãe brasileira fechou o filho de 32 anos dentro de uma divisão com grades, que adaptou para o efeito, para evitar que morra por causa do vício em crack e por causa das dívidas relacionadas com o tráfico. Ivanilson Carneiro de Brito, mora em Fortaleza, no Ceará, e é dependente de crack, uma droga sintética altamente viciante.

A mulher colocou grades num quarto da casa e tranca a divisão com cadeados e dá-lhe comida por um pequeno buraco na parede. A história de Ivanildo é contada pela Record. Na reportagem, a família diz que, inicialmente, a abstinência tornava o homem agressivo, mas que esses sintomas têm vindo a diminuir.



A família quer interná-lo numa clínica, mas diz não ter condições para pagar o tratamento. Até conseguirem trata-lo, terão de o manter enjaulado.