O príncipe Felipe de Espanha suspendeu a viagem de dois dias que deveria iniciar esta segunda-feira a São Paulo, no Brasil, devido a uma avaria no avião que o transportaria.

De acordo com a agência EFE, a avaria na aeronave, um Airbus A-310 da Força Aérea Espanhola, resultou de um curto-circuito provocado por um sensor, o que impedia o normal funcionamento de um dos «flaps» da asa esquerda.

O avião deveria ter partido à 01:00 desta segunda-feira da base aérea de Torrejón, em Madrid, mas ao fim de uma hora toda a delegação espanhola, exceto o príncipe, abandonou a aeronave.

Ao fim de sete horas de trabalhos, durante as quais Felipe se manteve no interior do avião, juntamente com a tripulação, os técnicos não conseguiram reparar a avaria, pelo que o piloto decidiu suspender o voo.

«É a primeira vez que me acontece e já tenho uns aninhos», disse o príncipe das Astúrias depois das 08:30, citado pelo jornal «El País».

O voo tinha uma duração prevista de quase 11 horas e o primeiro ato da agenda do príncipe Felipe no Brasil era uma reunião com o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, programada para as 14:30 locais (16:30 em Lisboa).