O Serviço Nacional de Inteligência da Coreia do Sul revelou, na terça-feira, que o filho mais velho de Kim Jong-un é um menino, de acordo com o The Korea Times. O sexo da criança, que nasceu em 2010, nunca tinha sido identificado.

A agência de espionagem confirmou também que o terceiro filho do líder norte-coreano nasceu em fevereiro deste ano, mas sem revelar o sexo do bebé.

O segundo filho de Kim Jong-un é uma menina, nascida em 2013, e cujo nome foi revelado pelo antigo jogador de NBA, Dennis Rodman, após uma visita a Pyongyang, na qual esteve com a família do líder da Coreia do Norte.

No ano passado, surgiram rumores de que o filho mais velho também fosse uma menina, quando a mulher de Kim Jong-un, Ri Sol-ju, não apareceu em público, durante quase nove meses.

Na altura, pensava-se que o terceiro filho fosse do sexo feminino, assim como o primeiro, e que Ri Sol-ju estava “detida”, por Kim Jong-un estar desapontado por não ter um filho do sexo masculino para assumir a liderança um dia.

O mesmo rumor surgiu quando Kim pareceu ignorar Ri e brindou com outras pessoas na comemoração do lançamento do míssil balístico intercontinental, a 29 de julho.

Segundo o The Korea Times, tem havido uma preocupação crescente de que Kim Jong-un não tenha um filho rapaz e que, assim, não consiga cumprir o "plano familiar" e dar continuidade à linhagem baekdu do regime.