Bernie Sanders, o pré-candidato democrata às eleições presidenciais dos Estados Unidos, venceu, este sábado, Hillary Clinton, em três Estados. Washington, Alasca e Havai preferiram Sanders a Clinton na corrida democrata à Casa Branca. 

Sanders venceu Clinton em Washington com uma diferença grande, 73% contra 27%. No Alasca, a margem cresceu. Sanders arrecadou mais de 80% dos votos contra 18% da antiga secretária de Estado norte-americana, segundo a AP. No Havai, embora os resultados ainda não estejam fechados, Sanders foi o vencedor sem margem de dúvida. Com 90% dos votos contados, o senador já garantiu mais de 70% dos votos. 

 

Washington é um grande prémio. Este Estado elege 101 delegados, o Alasca 16 e o Havai 25. 

"Sabia que as coisas começariam a melhorar à medida que nos deslocássemos para oeste", disse Bernie Sanders, preparando-se para enfrentar um auditório de 8.000 pessoas em Madison, Wisconsin. Apelando ao voto também aqui, Sanders reforçou a mensagem de que nada está definido: "Não deixem que ninguém vos diga que não podemos ganhar". 

A vitória do senador democrata em Washington constitui uma das maiores vitórias desta fase que antecede a corrida presidencial propriamente dita - que se joga entre democratas e republicanos - e revela que a escolha do candidato democrata à Casa Branca ainda não está definida. Está tudo em aberto e os dados lançados. 

Nos resultados totais, Hillary Clinton foi a votos com uma vantagem nos delegados eleitos até ao momento.