O aspirante a candidato republicano à presidência dos EUA, Donald Trump, está incluído numa lista preliminar de candidatos ao Prémio Nobel da Paz 2016, cujo vencedor será anunciado em outubro.

Segundo a agência AFP, Trump está entre nomes como Angela Merkel, o papa Francisco, Edward Snowden ou os habitantes das ilhas gregas que receberam milhares de refugiados.

Olav Njoelstad, diretor do Instituto Norueguês do Nobel, explicou à Reuters que o nome Donald Trump foi indicado por um nomeador dos EUA, “pela sua ideologia para a paz através da força”, porém não deverá constar na lista dos finalistas candidatos ao prémio.

Milhares de pessoas em todo o mundo votam para eleger os candidatos: deputados, ex-vencedores do prémio, reitores universitários, entre outros, mas a decisão cabe ao comité do Nobel – que este ano se reúne pela primeira vez a 29 de fevereiro.

Kristian Berg Harpviken, do Instituto de Pesquisa sobre a Paz, em Oslo, acredita que este ano um dos grandes candidatos ao Novel da Paz pode ser Edward Snowden.

“2016 pode ser finalmente o ano de Edward Snowden. As suas divulgações estão a ter um efeito positivo agora”, disse à Reuters.

Em 2015, o prémio foi entregue Quarteto do Diálogo Nacional da Tunísia.

O Quarteto integra quatro "organizações chave" da sociedade civil tunisina: A União Geral dos Trabalhadores da Tunísia (UGTT), A Confederação de Indústria, Comércio e Artesanato da Tunísia (UTICA), A Liga dos Direitos Humanos da Tunísia (LDHT) e da Ordem Nacional dos Advogados da Tunísia (ONAT). O grupo foi distinguido pela "sua contribuição decisiva para a construção de uma democracia pluralista na Tunísia, na sequência da Revolução Jasmine de 2011.