Duas mulheres britânicas afogaram-se esta segunda-feira em Tenerife, nas Canárias, depois de se atirarem para o mar para salvar os filhos que foram arrastados por uma onda.

As vítimas são uma médica de 42 anos e uma familiar de 39. As duas mães quiseram ajudar os filhos e viram-se elas próprias em dificuldades e acabaram por não conseguir sair com vida.

Uma terceira britânica foi resgatada por um helicóptero.

Os filhos de 10 e 14 anos estão bem. Foram retirados do mar por turistas e funcionários do hotel. Um deles foi hospitalizado com sinais de hipotermia.