Dois jovens, de 16 e 19 anos, estavam sentados dentro do carro à procura de Pókemons quando um homem disparou sobre o veículo. Concentrados na caça fora de horas - era cerca da 1:30 da madrugada de sábado - os jovens ouviram os disparos, tendo abandonado o local de imediato, noticia o USA Today. O incidente aconteceu em Primrose Lane, Palm Coast, EUA.

Segundo pode ler-se naquela publicação, o autor dos disparos pensava que estava a ser assaltado pelos jovens, uma vez que a conversa de ambos se referia a "ter apanhado" alguma coisa.

Logo após o diálogo, os jovens ouviram disparos e abandonaram o local de imediato. Quando chegaram a casa do mais velho, verificaram se tinham sido feridos ou se haviam buracos de balas no carro, mas dada a falta de luz, não conseguiram ver nada, pensando que teria sido alguém que os tentou assustar.

Apenas na manhã seguinte, quando a mãe do rapaz encontrou buracos de balas no pneu traseiro, nas jantes e no guarda-lamas da viatura e reportou o sucedido à polícia local.

O autor dos disparos contou à polícia que quando acordou, ouviu um barulho vindo da rua e que viu um carro branco, com as luzes de travagem ligadas, parado na rua. Nesse momento, decidiu pegar na arma e sair para a rua, tendo ouvido alguém dizer "apanhaste alguma coisa?".

E é aqui que a versão dos jovens difere da do atirador. Em declarações à polícia, o homem diz que saltou para a frente do carro e disse aos jovens para não se mexerem. Segundo o relato, os jovens terão arrancado a alta velocidade e o autor dos disparos atirou várias vezes contra o carro enquanto o mesmo se afastava.

As autoridades estão a investigar o caso e alertaram os jogadores de Pókemon Go para evitarem invadir propriedades e conduzirem enquanto jogam.