Uma menor de 11 anos deu à luz um bebé, depois de ter entrado no hospital de Múrcia, Espanha, com queixas de dores de barriga. O pai do recém-nascido é o próprio irmão, de 14 anos. O caso aconteceu neste sábado e está a ser investigado pela Polícia Nacional.

A menina, de origem boliviana, deu entrada no hospital universitário Virgen de la Arrixaca na sexta-feira, com fortes dores abdominais.

De acordo com a imprensa espanhola, os pais da menor pensavam tratar-se de um problema de estômago, desconhecendo a gravidez e que a filha, afinal, encontrava-se em trabalho de parto. Também o pai e irmão da menina desconhecia a gravidez.

Fontes policiais disseram ao El País que as relações sexuais entre os dois irmãos teriam sido consentidas.

Nem a rapariga, nem nenhum membro da família, sabia que ela estava grávida”, disse fonte hospitalar à rádio Cadena Ser.

Um dia depois de ter sido admitida nas urgências deu à luz um menino, que nasceu de parto normal.

 Tanto o bebé, como a mãe, estão bem e saudáveis”, indicou, ainda, a mesma fonte.

Por tratar-se de uma menor, foi aberta uma investigação e os serviços sociais notificados.