Um homem com uma arma branca foi detido, no sábado à noite, cerca das 23:30 locais (22:30 em Portugal), quando tentava forçar um dos controlos de segurança da torre Eiffel, em Paris, indicou este domingo a empresa que explora a Torre Eiffel.

O homem, aparentemente sozinho, "foi rapidamente imobilizado e detido" sem que as suas motivações ou as circunstâncias da sua tentativa fossem conhecidas, precisa a Sociedade de Exploração da Torre Eiffel (SETE) num comunicado divulgado este domingo, em que refere também que não houve feridos em resultado do incidente.

A torre Eiffel, que estava com as cores do PSG (Paris Saint-Germain Football Club) para saudar a chegada de Neymar, recebe os últimos visitantes até à meia-noite todos os dias do ano e encerra as portas às 00:45 locais (23:45 em Portugal).

As forças da polícia presentes no local procederam a uma verificação completa das instalações e pediram a evacuação dos mesmos cerca das 00:30", ou seja um quarto de hora antes da hora de encerramento habitual, adianta o comunicado.

A SETE felicita-se com o facto dos "procedimentos de contenção do monumento terem sido perfeitamente aplicados no solo e nos andares".

A empresa não precisou quantos visitantes estavam na torre na altura do incidente.

Desde janeiro de 2013, a França tem sido alvo da violência jihadista', com uma vaga de atentados, dos quais resultaram um total de 239 mortos, os últimos contra particularmente as forças da ordem.