Dois paraquedistas morreram depois de colidirem um com o outro a meio de um salto. O acidente aconteceu num centro de treino em Eloy, no estado do Arizona, EUA.

Testemunhas revelaram à polícia que a colisão aconteceu no ar, entre 60 a 90 metros do solo, e terá sido responsável pelo colapso das copas dos paraquedas, que deixou os dois homens em queda livre.

Conforme apurou a Sky News, junto do sargento da polícia de Eloy, Brian Jerome, um dos paraquedistas teve morte imediata no local, e o segundo acabou por falecer no hospital.

Um terceiro para-quedista também ficou ferido, mas está livre de perigo.

As causas da colisão ainda não foram apuradas.