A área de cultivo de papoila do ópio atingiu um novo recorde no Afeganistão, com os agricultores a procurarem «garantir-se», face a um possível cenário de instabilidade com a retirada das tropas da NATO em 2014, divulgou a ONU.

A extensão da superfície de cultivo de ópio passou de 154 mil hectares em 2012 para 209 mil em 2013 - mais 36% - batendo» o recorde de 2007 (de 193 mil hectares), indicou a agência das Nações Unidas contra a droga e o crime (UNODC, na sigla em inglês) no seu relatório anual sobre o tema.

Como consequência direta, a produção de ópio, o principal «ingrediente» da heroína, atingiu, este ano, as 5500 toneladas - mais 49% do que em 2012 -, segundo o relatório, redigido em conjunto pela agência da ONU e pela administração afegã.