A chefia militar israelita ficou furiosa com soldados que dançaram ao som de «Gangnam Style», num casamento palestiniano, em Hebron. Os militares foram suspensos, escreve o jornal «Huffington Post».

Tudo terá acontecido na noite de segunda para terça-feira. Os militares faziam patrulha, na zona de Hebron, Cisjordânia, quando ouviram a música «Gangnam Style», do cantor sul-coreano Psy. Entraram num clube e depararam-se com um casamento palestiniano. Como a música não escolhe fronteiras, dançaram todos juntos. O momento, inédito numa região de tensão permanente, foi registado em vídeo e divulgado no Youtube.

Fardados, com capacetes e as armas por perto. Os militares israelitas renderam-se à festa. Quem não gostou foram as altas patentes do exército e diversos comentadores. Consideraram o caso «sério» e uma «irresponsabilidade», porque poderiam ter sido atacados. O primeiro castigo não se fez esperar. Os militares abriram um inquérito e os soldados foram suspensos.