A Organização das Nações Unidas (ONU) condenaram o disparo de um "rocket" de Gaza para Israel, que pôs fim a cinco horas de tréguas humanitárias, mas está mais preocupados com a «forte resposta» que se seguiu por parte de Israel.

«Israel tem preocupações de segurança legítimas, e nós condenamos o disparo do "rocket" por parte de Gaza que terminou o cessar-fogo, mas estamos alarmados pela forte resposta de Israel», afirmou, segundo a agência Reuters, Jeffrey Feltman, chefe dos assuntos políticos da ONU.

Israel intensificou, esta sexta-feira, a sua ofensiva terrestre em Gaza com artilharia e tanques, e avisou que a operação poderia ser «aumentada». Oficiais Palestinianos afirmam que a operação está a matar civis como nunca antes.

Entretanto, o secretário-chefe das Nações Unidas, Ban Ki-Moon, já confirmou que vai viajar até ao Médio-oriente este sábado para tentar pôr fim às hostilidades entre Israel e Palestina.



Veja AQUI a infografia com os números negros da Faixa de Gaza.