O piloto do voo MH370 terá afinal proferido uma frase muito mais formal do que o que foi inicialmente avançado pelas autoridades no último registo de comunicações da noite do desaparecimento. As palavras proferidas para a torre de controlo terão afinal sido «good night Malaysian three seven zero» («boa noite três sete zero da Malásia»).

Uma declaração muito mais formal do que o «all right, good night»(«tudo bem, boa noite») inicialmente divulgado.

Esta diferença não configura, contudo, uma «situação anormal» para as autoridades malaias. «Não há qualquer indicação de qualquer situação anormal na transcrição», diz o ministro da Defesa e Transportes malaio, Hishammudin Hussein.

O voo MH370 descolou de Kuala Lumpur, no dia 8 de Março, com 239 pessoas a bordo. Desapareceu dos radares 40 minutos depois da descolagem e não se sabe ainda o que aconteceu.

As buscas prosseguem no Oceano Índico, mas até agora não foi encontrado qualquer objeto relacionado com o avião . Um navio australiano equipado com um submarino não tripulado e tecnologia para detetar a caixa negra dirige-se para a zona de buscas.