O Presidente dos Estados Unidos acusou hoje o regime norte-coreano de ter “torturado severamente” o estudante norte-americano Otto Warmbier, que morreu em junho passado uma semana depois de ter sido repatriado da Coreia do Norte em coma.

Otto foi severamente torturado pela Coreia do Norte”, escreveu Donald Trump, numa mensagem publicada na rede social Twitter, por ocasião da transmissão de uma “excelente entrevista” dos pais do estudante a um programa do canal de televisão norte-americano Fox.

 

Nenhum responsável norte-americano tinha até à data acusado publicamente a Coreia do Norte de ter torturado Otto Warmbier, um estudante de 22 anos que esteve detido quase um ano e meio naquele país.

O jovem de 22 anos, estudante da Universidade da Virgínia, foi condenado pelo Supremo Tribunal da Coreia do Norte, em março de 2016, a 15 anos de "trabalhos forçados", por ter removido um cartaz político numa área reservada. O estudante tinha viajado para o país no final de 2015, para ali passar o Ano Novo, e foi detido em janeiro, quando tentava embarcar para Hong Kong, onde iria fazer Erasmus.