Um grupo de cirurgiões descobriu 27 lentes de contacto num olho de uma mulher, de 67 anos, que se encontrava no hospital de Solihull, no Reino Unido, para ser operada às cataratas.

Segundo a BBC, os médicos encontraram primeiro 17 lentes de contacto coladas umas às outras e, posteriormente, num exame adicional, aperceberam-se da presença das restantes dez.

O caso ocorreu em novembro, mas só foi divulgado agora pelo jornal de medicina britânico.

A paciente usou lentes de contacto descartáveis durante 35 anos e nunca sentiu qualquer tipo de irritação ocular. Segundo o que a paciente relatou aos médicos, às vezes, ia tirá-las mas não as encontrava.

Nós ficámos muitos surpreendidos com o facto de a paciente não ter notado nada, porque isto podia ter causado muita irritação”, explicou o oftalmologista Rupal Morjaria.

Para a mulher, o desconforto que sentia no olho era consequência da sua idade avançada e da secagem dos olhos.

A cirurgia da idosa teve de ser adiada duas semanas, para que recuperasse do procedimento de retirar todas aquelas lentes.