Faz tanto calor na Índia, que as estradas de Nova Deli já começaram a mostrar sinais de estarem a derreter. Para além das infraestruturas do país, não é difícil imaginar o impacto que a onda de calor está a ter nos habitantes. Já morreram mais de 1.400 pessoas. 

Pelo menos 1.020 pessoas morreram no estado de Andhra Pradesh e quatro em Odisha, segundo o último balanço, que é citado pela CNN. No total, a nível nacional, 1.424 pessoas não resistiram às temperaturas que chegam a bater os 47ºC. 

Há campos de água em muitos pontos para ajudar as pessoas a hidratarem-se. 

Na quarta-feira à noite, a breve chuva em Hyderabad trouxe algum alívio para milhões de pessoas que suplicavam para o céu. 

A CNN conta a história de Mallayia Baddula, 76 anos. Com os pés descalços, na sua cabana em Perepally, uma pequena vila fora Hyderabad, está luto pela morte de seu filho Venkatesham.

Com metade da sua idade, o filho sucumbiu ao calor quando saiu de casa para ir buscar um remédio para o pai. "Fui informado que ele morreu de insolação", contou Baddula. 

Venkatesham é uma das 70 pessoas que morreram em Nalgonda, e uma das 340 mortes registadas no estado de Telangana.