O antigo governador de Nova Iorque Mario Cuomo morreu, na quinta-feira, aos 82 anos, vítima de uma falha cardíaca.

Mario Cumo morreu em casa, poucas horas depois de um grande momento de alegria para a família. O filho Andrew, que seguiu as pisadas do pai, iniciou o segundo mandato como Governador de Nova Iorque.

Mario Cuomo já não assistiu ao discurso do filho devido ao estado de saúde débil, mas Andrew recordou o «legado» do pai no seu discurso.

O governador democrata cumpriu três mandatos à frente da cidade, até 1990, e foi muitas vezes apontado como nome desejado para a presidência norte-americana.

O «The New York Times» recorda Cuomo como um «farol liberal». Mario Cuomo travou por várias vezes a intenção de fazer regressar a pena de morte ao estado de Nova Iorque, com o seu veto.