A jornalista e romancista francesa, Edmonde Charles-Roux, morreu, na noite de quarta-feira, em Marseille, no sul de França, aos 95 anos, disse à AFP fonte da Academia Goncourt.

Debilitada desde dezembro, Edmonde Charles-Roux morreu numa casa de repouso, disse Marie Dabadie, porta-voz da Academia Goncourt, que tinha sido presidida pela romancista.

A autora era viúva de Gaston Deferre, figura histórica de Marseille, onde foi presidente da câmara durante vários anos.