Os pais de um menino de 11 anos que pesa 95 quilos foram presos, no Reino Unido, por suspeita de negligência, ao permitirem que o filho se tornasse obeso. O homem e a mulher, que não foram identificados, foram interrogados por suspeita de crueldade infantil.

De acordo com a Sky News, a mãe da criança explicou que a família tentou levar o menino a perder peso, incentivando-o a jogar jogos mais ativos na consola de jogos Wii. A mulher também afirmou que a família é propensa ao excesso de peso.

«A ideia de que poderiam tirar-me o meu filho assusta-me muito», afirmou a mulher de King's Lynn, em Norfolk, ao jornal «The Sun». «A questão do peso dele não é assim tão grave», acrescentou. «Eu sou gordinha e toda a família do lado do meu marido é grande. É genético. Você pode ser geneticamente gordo», defendeu.

A polícia justificou a decisão de prender os pais, dizendo que os agentes da unidade de investigação de abuso infantil trabalham em estreita colaboração com os serviços sociais e de saúde para lidar com «questões sensíveis, tais como a obesidade e a negligência em relação a uma criança».

«Não sendo apropriado comentar este caso especificamente, é importante ressaltar que a intervenção a este nível é muito rara e só ocorre quando outras tentativas para proteger a criança são infrutíferas», referiu um porta-voz da polícia.

Os pais da criança foram presos depois de os médicos do hospital Queen Elizabeth, em Lynn King, terem manifestado à polícia uma certa preocupação depois de atenderem o menino, cujo caso já conhecido pelos serviços sociais.