O prémio Nobel da Economia foi atribuído nesta segunda-feira ao norte-americano Richard H. Thaler, "pelo seu contributo para a economia comportamental", foi anunciado há momentos em Estocolmo.

Richard H. Thaler, investigador da Universidade de Chicago, estuda a psicologia da tomada de decisões, área que lhe valeu, aos 72 anos, a distinção da Academia Sueca de Ciências.

Através da exploração das consequências de uma racionalidade limitada, preferências sociais e ausência de autocontrolo, Thaler mostrou como estes traços humanos afetam sistematicamente as decisões individuais e os resultados.