"O Presidente é a mais alta autoridade do Estado e nós reafirmamos a nossa lealdade absoluta e o nosso apoio incondicional", declarou Vladimir Padrino, reconduzido no cargo, na véspera.