Com as atenções da Europa viradas para as discussões entre Grécia, Alemanha e Eurogrupo, era uma questão de tempo até que a comédia se aproveitasse da questão. E como seria de esperar, a piada caiu sobre a figura que neste momento mais representa o governo helénico, Yanis Varoufakis.

Um programa de televisão alemão, uma espécie de talk-show, chamado «Neo Magazin Royale», lançou uma rábula que satiriza a postura do ministro das Finanças da Grécia e o transforma numa espécie de «Exterminador Implacável», o homem mau que veio destruir os alemães e que todos devem temer.

A música chama-se «V de Varoufakis» e é interpretada pelo apresentador e comediante Jan Böhmermann.

O vídeo arranca logo com uma glorificação irónica do povo alemão: «os honestos», «dignos de confiança», «feitos de aço», conhecidos por falarem uma «língua melódica» que se «aprende facilmente», quarta economia «mais forte do mundo» e com grandes reservas de ouro («só não perguntem de onde veem»), que começou duas guerras mundiais e quase as ganhou. «Somos Alemães», canta Böhmermann, mas há um homem que tememos: Yanis Varoufakis.

«O filho perdido de Deus, com o coração feito de pedra! Leva as nossas poupanças, mas deixa-nos em paz! (…) O seu casaco de cabedal é feito da pele de cachorros de raça Pastor Alemão, come carne de bebés humanos (…) Ele não negoceia, ele parte tudo!», diz parte da letra da canção.

O vídeo termina com gritos de pedidos de ajuda do cantor em nome de todos os alemães, para que alguém leve «Varoufakis, a dívida andante» (The Walking Debt, em referência à série de TV sobre mortos-vivos The Walking Dead), e uma imagem do verdadeiro Varoufakis a erguer o dedo do meio em plena televisão.

Veja o vídeo logo abaixo.