O Serviço de Segurança Nacional Ucraniano colocou a nova procuradora-chefe da Crimeia, Natalia Poklonskaya, na lista dos mais procurados do país.

Natalia está acusada de ter responsabilidades na violação da ordem constitucional do país e apropriação do poder governamental.

Poklonskaya foi escolhida como nova procuradora-chefe, pela Rússia, após a declaração de independência da Crimeia em relação à Ucrânia, e subsequente ingressão na Federação Russa.

Segundo o «RT», o Serviço de Segurança Nacional Ucraniano acusou a nova procuradora da Crimeia de violar o artigo 109 do Código Penal, que diz respeito à deposição do governo.

Natalia Poklonskaya é a procuradora que nos últimos dias se tornou um «sucesso» na internet, devido à sua aparência atraente e conferências de imprensa emocionais.

A procuradora já afirmou que esta «popularidade» a está a irritar, porque desrespeita e enfraquece a natureza séria do sue trabalho.